Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão em Salvador com carta escrita por possíveis pais — Foto: Divulgação / PM

Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão em Salvador com carta escrita por possíveis pais

Portal Raízes

Uma bebê recém-nascida foi encontrada em uma caixa de papelão, na manhã deste sábado (24), no bairro de Paripe, no subúrbio ferroviário de Salvador. Conforme a Polícia Militar, a criança foi encontrada por um homem, que atua como catador de reciclagem, com um bilhete dos possíveis pais dela: ‘Saiba que nós te amamos, filha’.

Segundo informações da PM, policiais militares da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (19ª CIPM) resgataram o bebê em frente a um estabelecimento comercial de transportes coletivos, situado na Avenida Afrânio Peixoto. Eles foram acionados pelo homem que encontrou o bebê.

Na mensagem os pais da pequena Sophia, como ela é citada na carta, falam sobre as dificuldades que estão passando em casa para comer, afirmam que não têm condições financeiras e psicológicas para proporcionar uma vida digna para a menina e deixam um recado para quem for ficar com ela.

“Peço que cuidem muito bem da minha pequena Sophia e que ela cresça nos caminhos do Senhor. Saiba que nós te amamos, filha. Beijos de seu pai e de sua mãe”, escreveram.

Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão em Salvador com carta escrita por possíveis pais — Foto: Divulgação / PM
Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão em Salvador com carta escrita por possíveis pais — Foto: Divulgação / PM

As equipes fizeram contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e depois levaram a bebezinha até a Maternidade Tsylla Balbino, onde ela ficou recebendo cuidados médicos.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.