Serviços on-line gratuitos para crianças durante a quarentena

Portal Raízes

Conteúdos gratuitos disponíveis on-line podem ser uma boa opção para distrair as crianças durante os períodos sem aulas, devido às medidas contra o coronavírus.

Veja algumas opções para divertir as crianças e os adolescentes:

Globoplay, plataforma de streaming da Globo, disponibilizou 30 filmes infantis, além de algumas séries e temporadas de “Malhação” por 30 dias para não-assinantes.

O foco é principalmente os públicos infantil e infanto-juvenil, que em várias partes do mundo foram dispensados das escolas.

Estão liberadas séries como “Detetives do Prédio Azul”, “Escola de Gênios”, “Mya Go”, “Bob Zoom”, “Valentins” e “Dr. Calça Dimensional”.

Contação de histórias

O projeto Save with Stories foi criado pelas atrizes americanas Jennifer Garner e Amy Adams. Elas e outras famosas, como Reese Witherspoon, estão publicando vídeos no Instagram lendo histórias para crianças. Os vídeos são em inglês (veja aqui).

O objetivo não é apenas entreter as crianças que estão fora das escolas. A ideia é também conseguir doações que serão repassadas para as organizações Save the Children e No Kid Hungry. Elas dão apoio a crianças que precisam de livros, comida e materiais escolares.

Instagram

 Turma da Mônica

Turma da Mônica anunciou em suas redes sociais que vai começar a disponibilizar conteúdo gratuito no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Além da Turma da Mônica, a medida também foi tomada por empresas de TV a cabo, como a Sky, que abriu diversos canais para todos os assinantes passarem tempo durante a quarentena de prevenção ao novo coronavírus.
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.