Seus ossos foram formados no ventre de sua mãe e até isso será cobrado dela na velhice

Helena Miranda

Mãe é alguém que permitiu que você utilizasse o corpo dela para ser gerado.
Ser mãe é uma decisão muito difícil e irretratável. Cabe somente a ela a decisão de gerar ou não um filho, seja a gravidez planejada ou não. Quando olhares para sua mãe, olhe com gratidão, pois decidiu que você nascesse, somente ela, ninguém mais.


Uma mulher quando descobre que está gravida, se vê diante de uma decisão muito complexa e se ela decidir em silencio interromper a gravidez, ela o fará e ninguém saberá.
Independente de religião, etnia, conceitos, ciência e outros, a maternidade sempre uma decisão de uma mulher e mesmo que sua mãe o abandonou ao nascer, ou não, é a melhor mãe do mundo aos seus olhos. Seja grato, ela te gerou e permitiu que você vivesse.
Seus ossos foram formados com o cálcio dela e a idade irá cobrar isso dela.

Todas as células, órgãos e tecidos que compõem seu corpo e cérebro foram retirados dela, portanto, lembre-se sempre, ela decidiu te gerar. Talvez ela não estava pronta para ser mãe, quando você surgiu; a maioria das mulheres não estão; e mesmo assim ela decidiu que se doaria inteira a você e doou, mesmo que você não saiba.

Ela tomou vitaminas, vacinas necessárias ao seu desenvolvimento e saúde, engordou, ficou com os seios enormes e doloridos, seu organismo e aparência sofreram alterações irrecuperáveis, enjoos, vômitos, dores nas costas, noite mal dormidas, cansaço e fadiga e mesmo assim ela enfrentou tudo e decidiu dar tudo de si para você nascer saudável. Ela decidiu isso.


Seja grato sempre, não somente em um dia por ano. Mãe não quer ser lembrada com um presente caro ou uma simples lembrancinha no segundo domingo de maio, mãe quer que você decida e gere ela em você, com respeito, gratidão, consideração e afeto.

Flores murcham, plantas morrem, bolos, bombons e outras guloseimas viram fezes, presentes?…..são fungíveis, mais o amor e a gratidão duram para sempre e são a maior recompensa que uma mãe espera receber.

Aquele abraço apertado, cabeça no colo, um afago sem hora marcada, aquele convite para um passeio fora de datas comerciais, uma visita surpresa e até mesma aquela flor roubada do próprio jardim dela, uma ligação para saber se ela está bem, se está precisando de alguma coisa.

Ser mãe é um papel que exercemos 24 horas, 365 dias por ano e por prazo indeterminado, então, não seja filho “amoroso” uma vez apenas por ano, seja grato todos os dias.

Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si.
É sobre saber que em algum lugar.
Alguém zela por ti.
É sobre cantar e poder escutar
Mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida
Que cai sobre nós.
Segura teu filho no colo
Sorria e abraça seus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir.
Mãe – Gratidão sempre.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS





Helena Miranda
Helena Miranda é advogada, pós graduada em Direito Tributário pela PUC-Goiás; Especialista em Direito Civil, Processual Civil com ênfase em Direito de Família e Sucessões. Atua em Goiânia - Goiás e é colunista no Portal Raízes.