Disney, fechada por coronavírus, vai doar comida para restaurantes populares

Portal Raízes

Fonte: Hypeness

A pandemia do coronavírus colocou o mundo em suspensão, e paralisou atividades em lugares que jamais imaginaríamos ver esvaziados e silenciosos – como é o caso da Disney: todos os parques estão fechados desde a semana passada, a fim de impedir qualquer aglomeração. Mais do que simplesmente fechar seus portões, a Disney decidiu ajudar à crise e combater seu próprio desperdício, e anunciou que irá doar todo excesso de comida proveniente da paralisação à bancos de alimentos locais.

Segundo comunicado, são toneladas de “saladas frescas, verduras, e itens quentes preparados por especialistas”. Na Flórida, as doações irão para o Second Harvest Food Bank, banco de alimentos que já possui parceria com o parque, e que recebe anualmente 20 mil refeições doadas pela Disney. Mais de 1 milhão de refeições são doadas anualmente pelo parque Disney World através de seu programa.

A multidão em um dia cheio no parque © Divulgação

“O Second Harvest Food Bank é conhecido pelo seu trabalho vital no combate à fome no centro da Flórida, e sabemos o papel importante que temos em ajudar a trazer soluções significativas para nossa comunidade em tempos de grande necessidade”, disse Tajiana Ancora-Brown, diretora de assuntos externos do Walt Disney World Resort. Os parques estão inicialmente programados para seguirem fechados até o final de março, mas ainda não há confirmações oficiais de quando os portões irão se reabrir.

Fonte: Hypeness

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.