Na Suiça, bandeira do Brasil é projetada em montanha para emanar força aos brasileiros

Portal Raízes

Na Suiça, um projeto proposto pelo artista Gerry Hoftetter tem dado luz e cores à montanha mais conhecida dos Alpes Suiços, a Matterhorn, também conhecida como Monte Cervino.

De acordo com condições climáticas favoráveis, Gerry e sua equipe iluminaram a montanha todos os dias com imagens de bandeiras de todas as nacionalidades desde o dia 24 de março e foi a vez do Brasil aparecer no cume da montanha das 21h30 até às 22h na última terça-feira (21) em um lindo espetáculo.

O projeto do artista é de enviar uma mensagem se esperança e solidariedade aos países do mundo todo para enfrentar a pandemia com o coração um pouquinho mais aquecido.

“Iluminando o Matterhorn como um sinal de esperança e solidariedade em meio a crise do coronavírus”, descreveu ele em suas redes sociais.

Essa incrível paisagem é localizada na cidade de Zermatt, na fronteira da Suíça com a Itália, e é simbolo de força e estabilidade para os locais, inclusive foi apelidada de “montanha das montanhas”.

A embaixada da Suíça no Brasil publicou as imagens em suas redes sociais:

Ontem, Zermatt Matterhorn ficou iluminado com a bandeira do Brasil 🇧🇷 em solidariedade ao povo brasileiro, que como nós,…

Posted by Suíça no Brasil on Wednesday, April 22, 2020

__

Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos e não se esqueça de comentar, isso nos ajuda a continuar trazendo conteúdos incríveis para você.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS





Portal Raízes
Humanismo, sociologia, psicologia, comportamento, saúdes: física, mental e emocional; meio ambiente, literatura, artes, filosofia. Nossos ideais estão na defesa dos direitos humanos, das mulheres, dos negros, dos índios, dos LGBTs... Combatemos com veemência o racismo, o machismo, a lgbtfobia, o abuso sexual e quaisquer tipos de opressão. As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.