Não importa o assunto, a atriz Jamie Lee Curtis sempre diz o que pensa – e seus comentários mais recentes estão levando em conta padrões de beleza irreais. Em uma nova entrevista para a Fast Company , Curtis, 62, falou que é contra a cirurgia plástica e os procedimentos cosméticos da moda: “A tendência atual de preenchimentos e procedimentos estéticos, e essa obsessão por filtragem, estão acabando com gerações de beleza, disse a atriz de Halloween Kills e completa: “Depois que você bagunça seu rosto, não consegue recuperá-lo”.

Curtis fala por experiência própria: ela tem sido aberta sobre o fato dela ter se envolvido com muitos tipos de procedimentos estéticos. “Eu fiz uma lipo. Eu tomei um pouco de Botox . E sabe de uma coisa? Nada disso funcionou. Nada disso me fez aceitar quem eu sou de verdade. É uma grande fraude. E sou eu quem está perpetuando isso”, disse ela a More em 2002.

Nas duas décadas desde a entrevista de More em 2021 e da Fast Company em 2021, Curtis não mudou seu tom e ela também alertou para os perigos do vício em analgésicos, uma vez que os procedimentos causam muitas dores: “me viciaram em Vicodin”.

Curtis disse à Variety em 2019 que os comentários de um cinegrafista sobre seus “olhos empapuçados” a levaram a procurar uma cirurgia plástica aos 20 anos, o que deu início a um vício de 10 anos em analgésicos. Ela está agora mais de 20 anos sóbria.

Atualmente, Jamie Lee Curtis se deixa ver do jeito que ela é e não faz nenhum tratamento e nem pinta os cabelos grisalhos: “Meu desejo é que os jovens olhem para mim com meus cabelos grisalhos e rugas e digam: ‘Que legal que você é quem você é’”.

Jamie Lee Curtis nasceu na cidade de Los Angeles, no estado da Califórnia, EUA, e desde pequena esteve presente no mundo do artístico por causa de seus pais, a atriz Janet Leigh e ator Tony Curtis. Após fazer pontas em séries de TV, Jamie estreou no cinema em Halloween: A Noite do Terror (1978). Ela começou a ficar mais conhecida ao atuar na comédia Trocando as Bolas (1983), contracenando com Eddie Murphy e Dan Aykroyd, pela qual foi premiada com o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante.

Jamie Lee Curtis ficou conhecida pelo grande público por seus trabalhos em Um Peixe Chamado Wanda (1988), True Lies (1994), Sexta-Feira Muito Louca (2004) e o seriado da Fox Anything But Love (1989-1992). Curtis é casada com o ator, roteirista e diretor Christopher Guest. Ela é diretora do Centro Nacional de Dependência e Abuso de Substâncias.

Da redação de Portal Raízes. As informações contidas neste artigo são apenas para fins informativos. Se você gostou do texto, curta, compartilhe com os amigos, e não se esqueça de comentar. Pois isto contribui para que continuemos trazendo conteúdos incríveis para você. Siga o Portal Raízes também no FacebookYoutube e Instagram.

RECOMENDAMOS






As publicações do Portal Raízes são selecionadas com base no conhecimento empírico social e cientifico, e nos traços definidores da cultura e do comportamento psicossocial dos diferentes povos do mundo, especialmente os de língua portuguesa. Nossa missão é, acima de tudo, despertar o interesse e a reflexão sobre a fenomenologia social humana, bem como os seus conflitos interiores e exteriores. A marca Raízes Jornalismo Cultural foi fundada em maio de 2008 pelo jornalista Doracino Naves (17/01/1949 * 27/02/2017) e a romancista Clara Dawn.